segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Ciro Sanches Zibordi: hostilidade e intolerância








Temos um problema bem conhecido pela blogosfera: blogueiros que não publicam comentários contrários ao seu texto. É o caso do Pr. Ciro Sanches Zibordi (cirozibordi.blogspot.com).

O referido pastor não publica alguns comentários não por serem desrespeitosos, apelativos ou eivados de outra qualquer mácula, mas, essencialmente, por serem contrários ao seu texto. Principalmente se tais comentaristas tiverem um pensamento reformado.

Quer me parecer que, ser reformado para o referido pastor como que se assemelha a ser herege.

Ciro Zibordi tem uma tremenda dificuldade em dialogar com irmãos contrários ao seu arminianismo, que tenham pensamento reformado (ou que se assemelhem aos tais). Refere-se a Calvino implícita ou explicitamente com argumentos depreciativos, como se as verdades sustentadas pelo reformador cristão fossem extraídas de um livro profano, e não da própria Bíblia.

Há algum tempo eu comentei um artigo do referido pastor em seu blog, tratando sobre usos e costumes na igreja. Fui parcialmente contra o seu posicionamento, asseverando que vestimenta deveria guardar apenas a devida decência, sem a necessidade de supervalorizar esses mesmos usos e costumes, uma vez que a salvação é exclusivamente pela graça, inclusive, tendo citado Efésios 2:8-9. Falei a palavra probida: GRAÇA. Somente em razão de ter pronunciado (escrito) essa palavra "profana" fui irremediavelmente excluído do seu rol de "admiradores"; logo, tive o meu comentário indelevelmente suprimido. Tentei argumentar com outros comentários, enviando email, mas nada foi capaz de arrancar do pastor/escritor/ensinador/conferencista uma única palavra. Ele simplesmente se manteve indiferente, da maneira mais deselegante e mal educada que se possa conceber.

Por último, fiz um comentário sobre o seu texto com o tema "Expiação ilimitada (3)" ( aqui), o qual transcrevo abaixo:


Caro Pr. Ciro,

Antes de mais nada, não sou calvinista. Fui convencido pela Bíblia, unicamente, a respeito de algumaas verdades, logo, deixemos os rótulos (aliás, nunca li as Institutas, ou qualquer obra do Calvino).

Efésios 1:4-5 afirma categoricamente que "nos escolheu nele 'antes da fundamção do mundo e nos predestinou para sermos filhos por adoção. Ef. 2 garante que "Ele nos deu vida, estando nós mortos...
Romanos 3:10-12 afirma que "não há um justo, não há quem busque a Deus (...). Não buscam porque "estão mortos em seus delitos e pecados (Ef. 1:4-6 e 2:1).

Estando mortos, como podem buscar a Deus? Eu entendo, na minha ignorância teológica (já que me valho apenas da Bíblia), que somente buscamos se vier do próprio Deus esse buscar. Nesse sentido, Romanos 8:29-30 diz que os que "Ele conheceu de antemão (antes da fundação do mundo, conf. Ef. 1:4-6), também "predestinou", "chamou", "justificou" e "gloficou" (Conf. Fl 2:13 e Cl 2:13).

Finalmente, para concordar e corroborar com a predestinação afirmada nas passagens em epígrafe, em Atos 13:48 consta que "creram os gentios que haviam sido 'destinados para a vida eterna". E em João 6:44 e 6:65, é afirmado peremptoriamente que "ninguém pode ir até Jesus se o Pai não o trouxer".

E a passagem mais contundente é Romanos 9:11-23, sobre os vasos de ira e de misericórdia: ... terei misericórdia de quem quiser (14). "E não eram os gêmeos nascidos, nem tinham praticado o bem ou mal (para que os propósitos de Deus , quanto à eleição prevalecesse, não por obras, mas por aquele que chama) (...).
"Não depende de quem quer ou de quem corre, mas de usar Deus a sua misericórdia (16)
Portanto, não é pelas ideias de Calvino, ou outro teólogo qualquer, que eu me convenci das doutrinas da graça, mas pela própria Bíblia. Lendo-a, sozinho.


Ao final Ele (Deus) afirma que não podemos discutir com Ele, pois Ele é Deus, faz uns para a salvação e outros para a perdição (vs. 21/23)

Espero que o Amado Pastor publique o meu comentário, fundamentado na Bíblia, Palavra inerrante.

Ps: Acreditei no livre arbítrio a vida inteira, sendo convencido há pouco tempo do contrário em razão das passagens citadas.

Em Cristo,

Ricardo


A resposta democrática do Eminente pastor Ciro Sanches Zibordi:


Ciro Sanches Zibordi disse...
Caro senhor Ricardo Mamedes,Como sou conhecedor da sua opinião a respeito deste escritor e deste blog (declarada em algum lugar na Internet), não tenho nenhum interesse em publicar os seus comentários e respondê-los neste espaço.

Que Deus o abençoe.

CSZ


Talvez por ter formação jurídica eu ache tal atitude um tremendo absurdo, quase uma afronta legal, ou, pelo menos, algo de uma arrogância sem limites. E denota ainda um sentimento de superioridade contra "todos os demais" , como se afirmasse: "Eu sou o Ciro Zibordi, quem é você, pobre calvinista herege, para discutir comigo?"

Não posso concordar com o critério usado pelo referido articulista para suprimir comentários alheios, baseando-se tão somente na sua incapacidade de ouvir os que lhe são contrários. Vivemos em um país democrático, cuja Constituição Federal nos assegura o livre direito de expressão, inclusive de discordar dos nossos semelhantes. Acredito que tal proceder diminui o homem, desfigura a ideia central promovida pelo texto, tornando-o oblíquo, já que impede plenamente as refutações.

O Cristianismo, por seu turno, não somente prega a humildade como também a longanimidade, moderação, temperança... e acima de tudo o amor.

Por tais expensas, forçoso reconhecer que o pastor/escritor/pensador/ensinador/conferencista, também conhecido por Ciro Sanches Zibordi, age contrariamente aos preceitos que prega. O que me faz lembrar dos fariseus...




20 comentários:

Clóvis disse...

Ricardo,

Paz seja contigo.

De fato é lamentável que alguém que se diga a serviço da verdade lance mão desses expedientes.

Como editor do blog de nome impronunciável (ele agora se refere ao Cinco Solas como "algum lugar na Internet") sinto-me parcialmente responsável pelo veto aos seus comentários. Mas tranquilizo-me ao saber que são tantos os "barrados no baile" do Pr. Ciro.

Em Cristo,

Clóvis
Editor do Cinco Solas

Ricardo Mamedes disse...

Olá Clóvis,

É um prazer recebê-lo aqui. É lamentável que o Ciro aja dessa forma. Qualquer um que seja isento - calvinista ou arminiano - terá a grandeza de reconhecer que o "cinco solas" é um blog que exalta sobremaneira o Criador. E eu sou testemunha de que lá todas as correntes são respeitadas, e todos são tratados com respeito e civilidade.

Não se pode censurar comentários exclusivamente por serem contrários ao texto sob análise, pois tal proceder apequena o articulista.

Um grande abraço.

Em Cristo,

Ricardo

Heitor Alves disse...

Infelizmente o Ciro não é daqueles que promove o debate teológico, tanto incentivado pelas Escrituras (2Tm 4.2,3; Tt 1.9; 2.1; At 5.28; At 19.8).

Percebi que a "fortaleza", o "escudo" do pastor Ciro Sanches Zibordi contra as "heresias" calvinistas não é a Bíblia, mas a censura!

Ricardo Mamedes disse...

Caro Heitor,

Obrigado pela visita. É sempre um prazer receber os irmãos aqui neste espaço para a exaltação do Senhor.

Você tem toda a razão quanto ao Ciro, ele realmente não tem qualquer intenção de discutir ideias e se ressente muito das doutrinas da graça. Na verdade ele não suporta crentes de pensamento reformado, como se fossem todos hereges indistintamente, cuja visão não é bíblica.

Espero que um dia ele veja o grande erro que esteja cometendo e seja menos preconceituoso e vaidoso.

Em Cristo,

Ricardo

Roberto Vargas Jr. disse...

Olá, meu caro Ricardo.

Sabe, penso que o Ciro pode mesmo não publicar o que não quer. Na casa dele ele deixa entrar quem quiser. O que incomoda não é tanto este fato, mas o discurso de um respeito que não há e o posicionamento que não pretende o debate.
Eu não frequento aquele blog, tanto por não concordar com ele em muitos pontos, como é óbvio por seu arminianismo, quanto porque já o vi ter este tipo de atitude antes. Certamente um comentário meu não seria publicado por lá. Eu me furto a tal tratamento.

Mas o que eu gostaria de dizer é: isso é que é uma verdadeira arrogância. Há pouco tive o desprazer de discussões em que, se não fui diretamente chamado assim, fui claramente considerado como tal. Porém, sempre trato as pessoas como iguais, exigindo delas o que exijo de mim: um mínimo de conteúdo e interesse honesto em debater (preferencialmente com boa argumentação). Não é o caso de Ciro e outros. Estes, ainda quando têm conteúdo, no mais das vezes não demonstram honestidade para o debate. Ao ignorar-nos, então sim, mostram a arrogância de que nos (me) acusam.

No amor do Senhor,
Roberto

Ricardo Mamedes disse...

Olá Roberto,

Mais uma vez é um prazer recebê-lo aqui, posto que os seus comentários são sempre bem-vindos, como os demais.

Realmente o Ciro pode não publicar comentários, uma vez que o blog é seu. Mas ao fazê-lo, torna-se menor, como você mesmo afirmou.

Concordo plenamente com a sua assertiva, realmente o referido articulista posa de grande debatedor sem sê-lo efetivamente, na medida em que suprime o que não lhe agrada (mediante critérios espúrios e ilegítimos). Que seja então honesto e assuma esse seu lado esdrúxulo, autoritário e ressentido.

NEle,

Ricardo

Filipe L. C. Machado disse...

Olá, Ricardo.

Parabéns pelo blog, irmão!
Boas postagens e bons assuntos, continue assim!

Um abraço!

idagospel.com disse...

O Siro para mim é o fariseu dos tempos modernos, acabo de escrever sobre isso em meu blog, a frase ou estão comigo ou estão contra mim, cabe bem a sua pessoa, ele é que nem a vaca holandesa, as vezes da trinta litros de leite, mais acaba dando um chute no balde.

MINISTÉRIO BATISTA BERÉIA disse...

Graça e paz Ricardo.
Eu gosto muito do Pr Ciro, apesar dele ser arminiano (rs). Sinceramente eu não sei o que levou o Pr Ciro a não publicar o seu comentário, já que ele havia publicado outros contrários ao que ele havia escrito. Talvez seja por ele ver que existam mais calvinistas do que ele pensava e que a verdade que ele tanto defenda não seja tão verdade assim.
Fique na Paz!
Pr Silas

PS: No meu blog eu publicarei os seus comentários, desde que seja do meu gosto (rs).

cirozueira disse...

O PR. CIRO NÃO PUBLICA MATÉRIAS QUE SEJA CONTRARIO A LINHA DE PENSAMENTO DELE . NÃO ECEITA CRITICA E FAZ PIADA DE TODO MUNDO , HOJE ELE PEDIU PARA SE RETIRAR DE UM FORUM Ciro Zibordi tem uma tremenda dificuldade em dialogar com irmãos contrários ao seu arminianismo, que tenham pensamento reformado (ou que se assemelhem aos tais).ISTO É PURA VERDADE E FICOU CLARO NO POINT RHEMA , DEFENTE A BIBLIA DAKE E ATACA A TODOS . ELE SÓ É BOM HUMORADO ATACAR OS OUTROS . MAIS ELE ESTA DE BLOG NOVO

htpp://cirozueira.blogspot.com.br

este é o verdadeiro Pr. ciro zueira sem Chances.

Newton Carpintero, pr. e servo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Filósofo Calvinista disse...

Olá!
Esse Ciro é uma onda mesmo. Começou a publicar meus comentários mas a medida que fui aumentando o grau ele simplesmente não publica mais. Ele estava na minha lista de blogs que sigo. Exclui imediatamente. Censura não cabe na net.

Ricardo Mamedes disse...

Quero informar a todos os comentaristas e demais pessoas que visitam este blog que, desde a sua abertura, decidi não fazer MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS.

Sempre acreditei que as pessoas têm direito de não concordarem comigo e se contrapor às minhas ideias e posicionamentos, doutrinários ou pessoais, razão pela qual não ativei a função de moderação de comentários. Penso que, mesmo não concordando com alguém, devo, por consideração à democracia, publicar o seu comentário - e refutá-lo, caso se faça necessário.

Vale dizer que, o fato de o comentário ser publicado não quer dizer que eu concorde com ele, mas simplesmente que o meu blog não tem a função de moderação ativada.

Quero aqui acrescentar que, com relação ao comentário publicado em epígrafe pela pessoa de 'alcunha' CIROZUEIRA, discordo 'in totum' com esse tipo de deboche e jamais sequer visito blogs com esse viés.

Embora tendo alguma diferença com Ciro Sanches Zibordi, elas quase que se circunscrevem à sua dificuldade em aceitar críticas, conforme pode se ver dos seus próprios comentários nos posts do seu blog - quando estes são contrários aos seus textos (e publicados). Nada tenho contra a pessoa daquele irmão tanto a nível pessoal como doutrinário, a não ser diferenças pontuais.

Razão pela qual refuto veementemente as considerações (se assim podem ser chamadas) do SR. NEWTON CARPINTEIRO tanto neste blog - cujo comentário foi sorrateiramente retirado por ele - quanto no blog pointrhema.blogspot.com, quando me posicionei contrariamente às ideias do Pr. Ciro Sanches Zibordi, mas guardando sempre a elegância, educação e consideração cristãs. As postagens estão lá registradas para serem verificadas.

No entanto, fui rasteira e abruptamente infamado por esse que se denomina "NEWTON CARPINTEIRO" que, saindo em defesa do seu amigo, desferiu contra mim xingamentos deselegantes e bem próprios da sua formação (ou falta de).

Sempre primei pela elegância, respeito e consideração pelas pessoas, irmãos ou não e continuarei me pautando por esses valores - a despeito de pessoas como o mencionado NEWTON CARPINTEIRO.

Porém, declaro expressamente que o referido senhor não será bem-vindo a este espaço, a menos que também se paute por tais valores ético-cristãos.

Ricardo Mamedes, indignado o falacioso cristão.

Heitor Alves disse...

Olá Ricardo,

Infelizmente quando os argumentos racionais e bíblicos se esgotam, eles partem para os ataques de cunho pessoal. São pessoas que não sabem discutir idéias, mas acabam proferindo insultos para atacarem a moral de um dos debatedores.

Um abraço, Ricardo.

Ricardo Mamedes disse...

Olá Heitor,

É isso mesmo, você está inteiramente certo. Basta lembrar aquela discussão sobre Cristo ter se humilhado na crucificação (blog filosofia calvinista), quando o "Carpinteiro" negava essa humilhação, contra o próprio texto bíblico, fazendo uma verdadeira salada. E, como sempre, apelando e partindo para a baixaria.

Obrigado pela visita.

Em Cristo,

Ricardo

Armando Marcos disse...

E eu então, que ele usou o comentário que fiz no post anterior; que fui citado nos comentário, e quis explicar minhas idéias, que acreditei terem sido mal compreendidas, em vista dos comentários posteriores, não fui mal educado, não citei Spurgeon nem outro, e tive o comentário sumariamente não publicado! perguntei por que , ele respondeu que

"Então, Armando Marcos, não publiquei porque não houve necessidade. Mas agradeço-lhe pela participação.

Um abraço.

CSZ"

ORAS! estamos dando Ibope demais para o pastor Ciro! simplesmente refutemos os argumentos dele em nossos blogs, ai lá ele não pode nos bloquear ( mesmo que com risco de ter nossos nomes zombados no "humor" dele!)

Ricardo Mamedes disse...

Olá Armando,

Eu jamais voltarei ao blog dessa pessoa. Somente espero que ele não volte a usar o meu nome lá com zombarias. Estou considerando seriamente responsabilizá-lo em todas as esferas, caso ele repita esse comportamento leviano.

Um grande abraço e obrigado pela visita.

Ricardo Mamedes

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Caro ADVOGADO MAMEDE,

Você deseja me responsabilizar pelas suas agressões? E insinuações?

Me sensibiliza a sua impressionante necessidade de amedrontar ao que ao menos o conhecia.

Se desejar copiarei, todas as suas postagens e farei uma matéria especial sobre as suas acusações em alguns comentários.

Se desejar me processar fique à vontade. Afinal você somente se defende com o seu título de ADVOGADO, será que setirei medo desta ameaça. Você me conhece? Colocarei uma pergunta no meu blog e procurarei saber, quantos mais, já foram ameaçados por você.

Existe a possibilidade de conseguir minha direção e ouvir em viva voz, apenas me informe o seu telefone fixo em meu e-mail: pastor.newton@yahoo.com

O seu é fácil saber, mas quero que você o informe e ligarei eu o informarei o meu. Você precisa entender que nem todos, são medrosos e covardes e que existem homens de Deus com coragem.

O menor de todos.

Ricardo Mamedes disse...

Meus amigos,

Vou deixar esse comentário por aqui, a fim de que aprendam como NÃO SE COMPORTAR. Esse é Newton Carpintero que, à semelhança de cão raivoso, vem defender o seu amigo Ciro Zibordi, com xingamentos e mentiras. Ele se diz pastor. Mas o seu mestre qual será? Será essa a atitude de servo? Servo de quem?

Vou deixar todos os comentários dele por aqui. Apenas quero informar que nunca fui ao blog dele. Nunca fiz um único comentário contra ou a favor dele em SEU BLOG. Apenas me defendi das suas agressões verbais, grosserias mal escritas e da sua verborragia cansativa no blog pointrhema.

Muito obrigado Newton, eu não quero mais o endereço da clínica psiquiátrica da qual você deve ser paciente. Nem do seu mestre, pois o meu já o venceu desde os tempos eternos.

NEle, que é humilde e compassivo, porém justo.

Ricardo

Postar um comentário

Serão sempre bem-vindos comentários sérios, respeitosos e que convidem à reflexão. Se é esse o seu intento considere-se aceito.

  ©A VERDADE LIBERTA, O ERRO CONDENA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo