segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Sobre lobos vorazes (...) II

"Tende cuidado para que niguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo" (Colossenses 2:8)



Como eu esperava, recebi um email no dia de hoje (cujo remetente não revelarei), sendo duramente criticado, não com refutações bíblicas comprovando o acerto das atitudes que critiquei no artigo anterior, que pudessem me convencer da biblicidade do "cair no espírito", "atos proféticos", "frases de autoajuda elevando a capacidade do homem", "quebra de maldição", "perseguição a demônios e exorcismos na igreja", mas apenas como reprimenda por ter "criticado o ungido".

Sou implicitamente tachado de racional, apenas um leitor da Bíblia, mas sem espiritualidade. E mais, estou dividindo o rebanho, causando facção, ao defender a verdade da Palavra. Por tentar "manejar bem e com zelo o texto bíblico" (2Tm 2:15), perco o status de cristão espiritual.

Refutações às minhas assertivas, nenhuma...

A quem interessar possa, afirmo aqui neste blog: estou cansado, façam o que quiserem: atos proféticos, cair na unção, quebra de maldições, perseguição ostensiva a demônios, e o que mais for inerente à confissão positiva neopentecostal. Construam outra "igreja batista" dentro da Igreja Batista.

Nem precisa que me olhem de soslaio como se eu fosse um ser desagregador. Eu não sou. O meu único crime (imperdoável) foi tentar defender a sã doutrina (2 Jo 1:10-11).

De minha parte, quero continuar reconhecendo que sou um miserável pecador que necessita da plena e constante misericórdia de Deus, porém, como Paulo, reconhecendo que "O viver é Cristo, o morrer é lucro".

E "Convém que ele cresça, e que eu diminua" (Jo 3:30)

Em Cristo, o único Caminho para a salvação!

8 comentários:

Roberto Vargas Jr. disse...

Caríssimo Ricardo,
Tenho acompanhado sua luta um pouco de longe. Não tenho muito a dizer, exceto incentivá-lo a permanecer firme na Verdade. Apenas Ela vale a pena e as consequências neste mundo não importam!
No amor do Senhor,
Roberto

Ricardo Mamedes disse...

Caro amigo,

Muito obrigado pelo incentivo, mas sem dúvida há momentos em que sinto uma certa impotência por enxergar tão claramente a verdade e não ter a capacidade suficiente de persuasão.
No entanto, sempre me convenço que o Senhor há de amparar os seus, livrando-os do engano no momento que lhe aprouver, segundo os Seus insondáveis desígnios.
Obrigado pela visita.

Em Cristo, o nosso Redentor.

Ricardo

laudiceia disse...

oi Ricardo entendo muito bem seu cansaço, mas a bíblia diz em zacarias 4:6:
NÃO POR FORÇA NEM POR VIOLENCIA, MAS PELO MEU EPÍRITO , DIZ O SENHOR DOS EXERCÍTOS.

Continue firme no AMOR DO SENHOR, que Deus a seu tempo , concluírá o trabalho que vc cuidadosamente está fazendo.
O resultado virá, com certeza. Deus está no controle.

Abraço.

Ricardo Mamedes disse...

Olá Céia,

Eu é que agradeço pela força. Eu sei que você, tanto quanto eu, ama essa igreja e esses irmãos. Esta é a razão pela qual nos preocupamos com eles - embora talvez eles entendam erradamente.

Hoje vivemos sob a graça e não mais sob as obras da lei. Com o advento da vinda de Cristo a lei se cumpriu e "Eis que tudo se fez novo". Por essa razão não há necessidade de obras no processo de salvação, mas apenas o exercício do "IDE". De tal maneira que "a sua graça nos basta", afastando o "cair na unção", atos proféticos, profecias humanas, curas e libertação humana e outras unções - tudo são obras.
Hoje vivemos sob a dispensação da graça, importando que "tudo vem de Deus" e não de nós.

Que Deus nos ilumine a todos.

Ricardo.

Pastor Valdomiro disse...

Meu protesto aos levianos e hereges.
Irmão Ricardo, através da irmã Laudicéia tomei conhecimento de seu blog, que por sinal achei na sua pessoa coragem e destemor em afirmar posições doutrinárias e teológicas muito firmes e contundentes em que devemos observar a Sã doutrina fazendo valer em meio a tantas baboseiras e heresias...infelizmente, boas igrejas e notáveis colegas estão mergulhando em mais uma heresia, aqui em nosso estado, é o tal do M12 (movimento dos doze) que prega o fim do respeito as organizações como: Associação, Convenção e até Aliança Batista Mundial, para eles tudo isso é ultrapassado e não se deve mais se submeter-se, dizendo que não devemos cooperar com plano cooperativo e as campanhas de missões (todas), e com certeza, é o absurdo do fanatismo que chegou em algumas igrejas e na vida ministerial de alguns pastores, e eu particularmente estou pesquisando todos estes movimentos neopentecostais para poder melhor educar minha igreja alertando-a desses ventos maléficos que sorrateiramente tem destruídos algumas igrejas, dando uma visão que não é bíblica e confundindo irmãos quanta a verdadeira palavra que receberam em suas origens. Há irmãos nessas igrejas que se opõem a esses movimentos e são vistos com demônios que perseguem pastores ou grupos que defendem essas idéias erradas. Não bastasse isso, aqui em algumas igrejas os pastores destes movimentos são vistos como “cristo” eles podem tudo, o poder só está neles e nas igrejas deles...exatamente o contrário que a bíblia ensina, veja “Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo” Fil. 2.3 esses “crentões” não defendem mais as profesias bíblicas, mas as que ocorrem entrem eles em momentos de euforias e desvairo sentimental, querem a glória para eles e mentindo ofuscam o Senhor Jesus que é o dono de cada um de nós, eles dizem, e as coisas tem que acontecer, ninguém pode questionar, caso contrário é excomungado,...pobre irmão. Eu faço parte da comissão de ética da Ordem dos pastores de nossa Associação e tomamos decisões radicais quanto a esses movimentos incitados por pastores sem escrúpulos e respeito a nossa denominação e estamos pedindo para sair de nossos templos inclusive levando os contaminados e que por sua vez já estão cegos, para se reunirem noutro lugar e deixar nossos templos, os que ficam querem preservar a doutrina Veterotestamentaria e Neotestamentaria e esses nós temos que os proteger com toda veemência e energia,...

Pastor Valdomiro disse...

Continuando...Ricardo abra sua boca e diga a quem não quer viver a sã doutrina que eles estão sendo levianos hereges e sensacionalistas no meio de nossos arraiais " Diz a Bíblia: " Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema. Gal.1.9 (Maldito) e maldito precisa de conversão, discipulado e santificação de acordo com a Palavra. Gostei de seu comentário quando diz: “Vocês dizem o que os homens querem ouvir, e prometem paz quando não há paz, têm visões falsas e adivinhações mentirosas (Ez 13), por isso Ele será contra vós , lobos roubadores. Naquele dia não adiantará que digam: "Senhor, Senhor... (Mateus 7:22). Vocês prometem riquezas materiais, curas, unções. E esquecem que se deve "ajuntar tesouros no céu" (Mateus 6:20), "porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração" (Mateus 6:21).Vocês buscam a sua própria glória (Jo 7:18); arrependam-se enquanto é tempo, neguem-se a si mesmos, tomem a sua cruz e sigam a Cristo (Mateus 16:24), antes que venha contra vocês súbita destruição.Tenham a certeza, o remanescente fiel lutará até o fim na defesa do Evangelho de Cristo”.
É com este punho que você deve defender sua igreja, use a espada que é a palavra de Deus e ponha esses hereges para correr dessa cidade, aí há crentes sérios que não podem ser atingidos por estes ventos danosos, e que amanhã a igreja terá que cuidar deles. Pois esses ventos passam e deixam seqüelas quase irreparáveis espiritualmente falando...chegou a hora de dizer bem alto fora herege de nossos arraiais, seja lá quem for. Fico indignado com estes mentirosos enganadores de púlpitos dos últimos tempos, são “maria vai com as outras” achando que para manter membros em suas igreja é preciso “ inovar”... A igreja para crescer precisa da fiel transmissão da Palavra de Deus e testemunho de seus membros. Vá nesta direção e você em nome de Jesus terá êxito.Esse negócio de face a face, cuidado é por esta porta que está entrando os exageros e erros doutrinário em algumas igrejas, combata veementemente este movimento.
Parabéns. Estou orando por você.
Pr. Valdomiro Souza Santana – Pastor da Igreja Batista Ebenézer em Ivinhema-MS

Ricardo Mamedes disse...

Caríssimo Pastor Valdomiro,

É uma honra tê-lo aqui no meu blog e uma grande satisfação estreitar novamente o contato. Tomei conhecimento do trabalho que o senhor está desenvolvendo aí na sua associação no sentido de afastar essas heresias e modismos neopentecostais do seio da Igreja. Vá adiante!

Eu tenho falado aos meus irmãos que esse movimento não é espiritual, como eles dizem; que não é avivamento real, pois não está fundamentado na Palavra inerrante de Deus. Mas é incrível como esses ventos de doutrina cegam as pessoas... Eles não veem que essas práticas apenas elevam o homem com as suas unções, atos proféticos e adivinhações, ficando Cristo esquecido e afrontando a soberania de Deus. Estão plantando em terreno pedregoso, onde não se colherão frutos para a edificação permanente.

Acredito, no entanto, que é Deus quem mostrará a verdade na Sua hora, que não é a nossa. O que me preocupa é que uma grande quantidade de novos convertidos estão sendo discipulados nesse erro, desaprendendo a reconhecer a soberania de Deus, e isso é muito triste. Todavia, não tenho dúvidas que Deus covbrará do sacerdote a estrita observância da sua palavra (Malaquias 2), não devendo este se desviar da sã doutrina.

Fico muito contente em recebê-lo neste espaço democrático. E mais contente ainda por exercitar o amor que Jesus nos ensinou, pois se um dia houve diferenças entre nós, elas foram definitivamente vencidas pelo amor de Cristo.

Em razão dessas mesmas diferenças eu já te pedi perdão antes e o obtive, agora ratifico o pedido publicamente, para que se torne de conhecimento geral. Estou aqui, orando pelo Senhor e a sua família. E solicitando que o Senhor também ore pela nossa Igreja.

Um grande abraço, no amor de Cristo.

Ricardo

Regina Farias disse...

Ricardo
Eu entendo mais ou menos o que você passa, porque eu também procuro falar do Amor de Jesus a pessoas que estão presas a doutrinas sufocantes e findam por viver uma vida falsa, mentirosa.
E aí elas se sentem enfraquecidas e sem coragem de sair dessa prisão maluca que lhe atrofiou as asas, então passam a usar de forma leviana e/ou infantil alguns versículos soltos da bíblia pra dizerem que o que falo são discursos vãos, falatórios, coisas do tipo, para justificar essas doutrinas coercivas que nada têm a ver com o Evangelho da Graça.
E assim eu tenho postado sobre isso ultimamente lá no meu cantinho.
E o que me conforta é que eu não sou voz isolada.
Deus o abençõe!

Postar um comentário

Serão sempre bem-vindos comentários sérios, respeitosos e que convidem à reflexão. Se é esse o seu intento considere-se aceito.

  ©A VERDADE LIBERTA, O ERRO CONDENA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo